.


Image and video hosting by TinyPic

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Homem que inventou o jogo de suícidio ‘Baleia Azul’ diz que ele está ‘limpando a sociedade’


Resultado de imagem para Homem que inventou o jogo de suícidio ‘Baleia Azul’ diz que ele está ‘limpando a sociedade’


O homem por trás de um jogo doente que provoca crianças a cometer suicídio afirmou que ele está “limpando a sociedade”.

Philipp Budeikin inventou a mania dos meios sociais chamada de Baleia Azul, que faz uma lavagem cerebral nos adolescentes vulneráveis a executar diversas tarefas por um período de 50 dias, incluindo se machucar e acordar em horários incomuns.

No final desse período, os adolescentes exaustos e confusos são instruídos a cometer suicídio.

Budeikin, da Rússia, está sendo acusado de incitar pelo menos 16 estudantes a se matarem após participarem de seu “jogo”.



O jovem de 21 anos aparentemente confessou seus crimes, dizendo à polícia que ele vê suas vítimas como “desperdício biológico” e que ele estava “limpando a sociedade” das meninas, que ele diz estarem “felizes por morrer”.

Ele ainda disse à polícia: “Eles estavam morrendo felizes. Eu estava dando a eles o que eles não tinham na vida real: calor, compreensão, conexões…”

“Há pessoas – e há desperdício biológico. Aqueles que não representam nenhum valor para a sociedade. Quem causam ou causarão apenas dano à sociedade”.
“Eu estava limpando nossa sociedade de tais pessoas”.
Ele acrescentou: “Era necessário distinguir pessoas normais de lixo biológico”.

Perturbadoramente, Buedikin conta com uma equipe de “mentores” que são encarregados de trabalhar com os adolescentes vulneráveis antes de eles serem convidados a se matar.

Anton Breido, um alto funcionário do Comitê de Investigação da Rússia, disse que Budeikin começou grupos em 2013 para atrair milhares de crianças antes de começar a manipular os indivíduos mais vulneráveis.

Ele explicou: “Eles reuniram as crianças, depois ofereceram tarefas simples que para algumas crianças eram muito chatas ou estranhas demais para
Os adolescentes são incentivados a realizar vários atos estranhos para quebrá-los (YouTube)
Mais
“Estes, claramente, eram fortes demais para serem manipulados”.

“Aqueles que ficaram receberam tarefas muito mais fortes, tais como cortar suas veias, se equilibrar em um telhado, matar um animal e publicar um vídeo ou fotos para provar isso. A maioria das crianças deixou o jogo neste estágio”.

“Um pequeno grupo que obedientemente passou por todas as tarefas, com adolescentes estando fisiologicamente prontos para seguir o que os administradores lhes diziam, não importa o quão estranho ou assustador as tarefas”.

“Eles sentiram que a sua posição no grupo era preciosa demais e literalmente faziam de tudo para permanecer no jogo”.

Nesse momento, os mentores persuadiam os membros a se matarem ao acordá-los no no meio da noite para torná-los mais confusos e suscetíveis a instruções.

Há muito medo de que este jogo se espalhe para o Reino Unido; onde uma escola de Essex informa aos pais para monitorar as contas de mídia social de seus filhos após conversar com a polícia.

Para ajuda confidencial, ligue para os samaritanos em 116 123, 24 horas por dia. Você também pode visitar um escritório local dos Samaritans – veja o site www.samaritans.org para mais detalhes.

Yahoo Notícias
Foto acima: YouTube

Nenhum comentário:

Postar um comentário