.


Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

quinta-feira, 18 de maio de 2017

PF e Ministério do Trabalho deflagram operação contra fraudes no seguro-desemprego

PF e Ministério do Trabalho deflagram operação contra fraudes no seguro-desemprego

A Polícia Federal e o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) deflagraram uma operação na manhã desta quinta-feira (18) para desarticular organização criminosa especializada em fraudes contra Programa De Seguro Desemprego e FGTS. As investigações da Operação Stellio apontaram um prejuízo efetivo na ordem de R$ 320 milhões entre janeiro de 2014 e junho de 2015. A Justiça Federal em Palmas determinou a prisão de 14 agentes e ex-agentes de SINES dos estados de Tocantins, Goiás e Maranhão que atuaram na inserção de milhares de requerimentos fraudulentos no sistema do MTE. Também foi determinada a prisão de três ex-funcionários da Caixa que facilitavam os saques dos benefícios fraudulentos por outros integrantes da organização criminosa. Além disso, a Justiça determinou a indisponibilidade financeira de 96 integrantes da organização criminosa. A Polícia Federal foi autorizada a cumprir 136 mandados judiciais, sendo 56 mandados de busca e apreensão, dez mandados de condução coercitiva, nove prisões preventivas e 61 prisões temporárias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário