.


Image and video hosting by TinyPic

domingo, 30 de julho de 2017

Conta de energia fica mais cara a partir de terça-feira com bandeira vermelha












A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou que, durante o mês de agosto, vai vigorar a bandeira tarifária de cor vermelha. Isso significa que aumentará para R$ 3 o valor da taxa extra cobrada para cada 100 kWh de energia consumidos.
 
Ao longo de julho, vigorou a bandeira amarela, que implica na cobrança de R$ 2 para cada 100 kWh consumidos. A mudança da cor da bandeira é resultado do aumento no custo de produção de energia no país. Isso ocorre porque a diminuição das chuvas reduziu o volume dos reservatórios das hidrelétricas, que passam a produzir menos eletricidade.


Para compensar a queda na produção das hidrelétricas, o governo aciona mais termelétricas, que geram energia mais cara, por meio da queima de combustíveis como óleo e gás natural. Em nota, a Aneel informou que "o fator que determinou o acionamento da bandeira vermelha no patamar 1 foi o aumento do custo de geração de energia elétrica".
A agência orientou ainda os consumidores a "combater os desperdícios", para minimizar os efeitos do aumento da taxa extra nas contas de luz. Neste ano, a bandeira vermelha já foi acionada em abril e maio.
CORREIO

Nenhum comentário:

Postar um comentário