.


Image and video hosting by TinyPic

domingo, 6 de agosto de 2017

Em surto, jovem fere avô e mata avó a facadas e marteladas em Salvador

Em surto, jovem fere avô e mata avó a facadas e marteladas em Salvador
Um jovem de 20 anos foi detido suspeito de matar a avó e ferir gravemente o avô dentro do apartamento em que moravam no bairro de Patamares, em Salvador. O crime aconteceu por volta das 17h de sábado (5), no prédio Terrazo Verona. Kayure Delano de Vasconcelos Bezerra Lima atacou Rosana Maria de Vasconcelos Moreira Lima, 55 anos, enquanto ela dormia. O jovem desferiu golpes de faca e martelo contra a avó materna. A suspeita é que ele estivesse sofrendo um surto psicótico durante o crime. Ao ouvir os gritos, o marido de Rosana, Francisco Moreira Lima Filho, 48 anos, que estava na sala do apartamento assistindo a uma partida de futebol, tentou socorrer a esposa, mas também foi gravemente ferido pelo rapaz. 


Logo após o crime, o jovem pulou da janela do apartamento em que morava, no 4º andar, mas foi socorrido por paramédicos e levado para o Hospital Menandro de Farias, em Lauro de Freitas, onde segue custodiado. Francisco foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde segue internado. Ele foi informado da morte da mulher na manhã deste domingo (6) por amigos da família. De acordo com um antigo colega, que trabalhou com ele no Banco do Brasil, Francisco chorou muito ao saber da notícia e pediu que o neto fosse cuidado e protegido. Ainda de acordo com este amigo, que não quis ser identificado, Kayure era considerado um rapaz tranquilo e nunca tinha apresentado comportamento violento contra os avós. "Me afastei da família porque Francisco acabou sendo transferido para um outro banco, mas o que eu posso falar desse período que eu estive com eles é que ele era um adolescente normal, como qualquer um outro. Isso nunca havia acontecido no meu ambiente de convívio, uma tragédia familiar, um caso realmente muito complicado", disse. Kayure é neto biológico de Rosana Maria de Vasconcelos Moreira Lima, que é natural da Paraíba. Desde criança, ele foi criado por ela e por Francisco, com quem era casada há anos. Francisco é natural do Maranhão. Eles moram em Salvador há três anos.  "Ele sempre demonstrou ser um cara muito apaixonado pelo rapaz e por toda a família. Ainda não temos explicações para isso, não sabemos o que estava passando pela cabeça do rapaz e nem se ele tinha envolvimento com drogas", completou o amigo ao lembrar que Francisco costumava  dizer para todos o quanto amava o neto, que considerava um filho. O corpo de Rosana Maria deve permancer no Instituto Médico Legal (IML) até a chegada dos familiares, que moram em outros estados. O Correio errou ao divulgar inicialmente que Kayure era filho das vítimas. (Informações: Correio)

Nenhum comentário:

Postar um comentário