quarta-feira, 4 de abril de 2018

Integrantes do MST fecham trechos de rodovias na Bahia em protesto contra a prisão do ex-presidente Lula

Integrantes do MST fecham trechos de rodovias na Bahia em protesto contra a prisão do ex-presidente Lula
04/04/18- Os  ntegrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) fecharam um trecho da BR-101, na altura da cidade de Wenceslau Guimarães, no baixo sul da Bahia, na manhã desta quarta-feira (4). O grupo também bloqueou um trecho na BR-407, em Ponto Novo, região norte do estado. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o grupo protesta contra o julgamento do habeas corpus preventivo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 


A sessão, que está prevista para começar às 14h, no Superior Tribunal Federal (STF), decidirá se Lula será ou não preso. Segundo a PRF, na BR-101, os manifestantes colocaram fogo em pneus, impedindo a passagem de veículos na rodovia. A interdição ocorre no KM-360. De acordo com o MST, cerca de 350 pessoas participam do protesto. Já a PRF não divulgou o número de manifestantes. O protesto na BR-101 começou por volta das 9h e, por volta das 11h, ainda não havia sido encerrado. Ainda não há detalhes sobre a extenção do congestionamento. Policiais rodoviários acompanham a situação. Já na BR-407, a manifestação começou no início da manhã, no KM-167 da rodovia. Conforme o MST, cerca de 250 integrantes do movimento participam do ato. A PRF ainda não tem detalhes sobre o protesto, nem sobre o número de participantes. Por volta das 11h, a manifestação ainda não havia sido encerrada. (G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário