.


Image and video hosting by TinyPic

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

JACOBINA: APÓS MESES DE TRAMITAÇÃO, CÂMARA REVOGA " EMENDA DA VERGONHA"


A Câmara de Vereadores de Jacobina revogou na sessão da noite  desta quinta-feira, 10, a Emenda à Lei Orgânica do Município que garantia
 estabilidade de salários a funcionários públicos municipais  que ocupassem cargo eletivo por pelo menos 10 anos. Conhecida popularmente como " Emenda da Vergonha", desde que foi aprovada em dezembro do ano passado, ela causou uma forte reação negativa por parte da sociedade. 



À época votaram a favor da emenda os vereadores Batista do Junco (PPS), Cecílio Mota Junior (PMDB), Carlinhos da Caixa, Dibas Jatobá (PV), Gildo Mota (DEM), Jane Márcia (DEM), Pastor Fábio Miguel (PSC), Milton da Natureza (PSB), Noelson da Caatinga (DEM), Ramon Santos (PSC), Roni do Junco (PT) e Rose do Junco (PSL), além do então presidente da casa, Clériston Moreira, hoje vice prefeito de Jacobina. Levando em consideração o clamor da sociedade,  cobrava que a lei fosse invalidada, empossados, os vereadores eleitos pela oposição, se mobilizaram rapidamente com objetivo de buscar a revogação emenda o que só veio a acontecer nesta quinta, após tramitar na casa Legislativa na comissão de constituição e Justiça, em proposta que teve como relator o vereador Juliano Cruz. (DEM). Via internet, edil Martins dos Santos divulgou um vídeo onde anuncia o resultado da votação de hoje, assista.

Bahia Acontece

Nenhum comentário:

Postar um comentário