.


Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

quarta-feira, 8 de março de 2017

Barça elimina PSG com virada histórica na Champions


Barça elimina PSG com virada histórica na Champions
Se alguém duvidava do Barcelona, não duvida mais. Após ter levado uma goleada por 4 a 0 na ida e ter sofrido um gol quando já vencia por 3 a 0 na volta, o time catalão realizou uma virada histórica e derrotou o Paris Saint-Germain por 6 a 1, se classificando para as quartas de final da Liga dos Campeões. PUB Em um Camp Nou lotado, o time francês entrou para o primeiro tempo visivelmente intimidado e praticamente não jogou. Com isso, o Barça, mesmo sem muita inspiração, partiu para o ataque e conseguiu dois gols, se aproveitando de falhas defensivas da equipe rival. Logo aos dois minutos de partida, Marquinhos cabeceou para trás, o italiano Verratti deixou passar, e Luis Suárez, de cabeça, encobriu o goleiro Trapp. Aos 39, o zagueiro brasileiro voltou a falhar e perdeu a bola dentro da área para Iniesta, que tocou para o meio. Kurzawa tentou cortar, mas mandou para seu próprio gol. Quando começou o segundo tempo, parecia que o Barcelona continuaria fazendo prevalecer sua camisa. Aos dois minutos, o juiz deu pênalti duvidoso em Neymar, e o craque Lionel Messi converteu. Faltava apenas um gol em mais de 40 minutos para o clube catalão levar o duelo aos pênaltis, mas o PSG deu uma ducha de água fria no Camp Nou. Aos 16 da etapa complementar, Kurzawa se redimiu do gol contra e encontrou Cavani na entrada da área. De três dedos, o centroavante uruguaio estufou a rede de Ter Stegen. Seria o golpe de misericórdia, não estivesse do outro lado o Barcelona. Aos 42, Neymar, até então bastante discreto, fez um golaço de falta e recolocou o Barça no jogo. Dois minutos depois, Luis Suárez se jogou na área. O juiz acreditou e marcou pênalti de Marquinhos. Na cobrança, o craque brasileiro fez o quinto. Faltava apenas um gol, e o Barcelona corria contra o tempo. Aos 49, Neymar cobrou falta da intermediária, e Sergi Roberto apareceu sozinho na frente de Trapp e anotou o sexto gol, levando a torcida à loucura. Com informações da ANSA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário