.


Image and video hosting by TinyPic

quinta-feira, 2 de março de 2017

Bombeiro militar é executado a tiros enquanto dirigia


O bombeiro militar João Batista da Silva, o “Jota Silva”, foi executado a tiros no fim da tarde desta quinta-feira(2), na cidade de barreiras, Oeste da Bahia. O crime foi praticado por ocupantes de um outro carro, em uma rua bastante movimentada na cidade e, de acordo com testemunhas, até uma arma de cano longo, supostamente um fuzil, foi usada noc rime.
 Eles interceptaram o automóvel de cor branca onde estava o bombeiro fazendo vários disparos. O militar morreu na hora, sendo atingido, principalmente, no torax e na cabeça. Pelo menos seis cápsulas de bala (pistola) foram encontradas próximas ao automóvel do militar.
De acordo com informações do Corpo de bombeiros, Jota Silva tinha saído poucos minutos antes, do quartel do CB, onde participou de uma aula do curso de Formação de Soldado a Cabo da instituição e minutos após, foi assassinado.
Um oficial da PM declarou ao site Barreiras Notícias que o soldado respondia a um processo administrativo sob acusação de ter participado de um crime de homicídio, porém, sem mencionar detalhes.
A delegada Marineide Pires, titular do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa(DHPP) iniciou as investigações no local do crime. O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal do complexo policial do bairro Aratu, em Barreiras.
Agora na Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário