.


Image and video hosting by TinyPic


Image and video hosting by TinyPic

segunda-feira, 20 de março de 2017

CRUELDADE - Defensora dos Direitos Humanos que acolheu ex-presidiário é estuprada e morta


Crime foi em chácara na zona rural de São José do Rio Preto (SP). 
Segundo polícia, vítima fazia trabalho voluntário e ensinava homem a ler.


De acordo com a família, Simone de Moura Facini Lopes, de 31 anos, foi encontrada morta, seminua e acorrentada na cama em uma uma chácara onde foi alfabetizar e dar ensino religioso a um dos moradores, que está sumido e é o principal suspeito do crime, segundo a polícia.

Família e amigos estavam inconformados com o crime e buscavam respostas para entender a violência com que ela foi assassinada. Pastores da igreja adventista, que ela frequentava, participaram do velório e prestaram homenagens à vítima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário