quarta-feira, 1 de março de 2017

Daniela Mercury para de tocar ao passar por camarote da PM e xinga foliões



A cantora Daniela Mercury chegou ao Circuito Osmar com o discurso da defesa da diversidade, mas não quis continuar a tocar quando passou pela frente do Camarote da Polícia Militar, montado próximo à Casa D´Itália, nos Aflitos.

A cantora chegou a xingar as pessoas que estavam no camarote e levantou o dedo médio e apontou para os militares e convidados. Segundo folião ouvido por Toda Bahia, ela mandou as pessoas “tomarem no c*”. Quem estava no camarote também vaiou a cantora; foliões que acompanhavam Daniela também vaiavam quem estava no Camarote da PM e também levantavam o dedo médio contra as pessoas.

Daniela só voltou a tocar quando passou pelo camarote. E disse que o fazia em respeito aos foliões que a seguiam.

NOTA DE REPÚDIO

O líder do DEM na Câmara Municipal de Salvador, Alexandre Aleluia, anunciou que apresentará, na segunda-feira (6), uma moção de repúdio à atitude da cantora Daniela Mercury que, na terça-feira de Carnaval (28), parou de tocar quando passou diante do camarote da Polícia Militar, no Circuito Osmar. A cantora, conforme noticiado pela imprensa, xingou as pessoas que estavam no camarote e levantou e apontou contra elas o dedo médio. “É um desrespeito à corporação que é responsável pela manutenção da ordem e da segurança não somente durante o Carnaval, não somente em Salvador, mas em todo o estado e durante todo o ano”, disse Alexandre Aleluia. O vereador ainda recordou que, nas celebrações pelos 190 anos da PM, Daniela Mercury foi agraciada pela corporação com uma medalha de honra ao mérito. “A atitude da cantora foi no mínimo de ingratidão”, comentou Aleluia.

TODA BAHIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário