sexta-feira, 21 de abril de 2017

Argentina dá à luz em coma e desperta três meses depois


Amelia Bannan e seu filho, Santino, na clínica Neuma de Posadas.




A argentina Amelia Bannan completa 34 anos nesta quarta-feira na clínica onde acaba de sair do coma. A festa terá um convidado de honra: Santino, o bebê que ela pariu na véspera de Natal, mas que só veio a conhecer três meses e meio depois, quando, em 8 de abril, despertou do acidente rodoviário que a havia deixado inconsciente. “Estávamos na clínica com Norma, minha outra irmã. Contávamos coisas a Amelia e nunca tínhamos resposta, mas de repente escutamos um ‘sim’. ‘Amelia, está escutando?’, perguntei-lhe, e voltou a dizer que sim. Pedi a ela que me mostrasse a língua, e ela mostrou. Foi uma emoção, fiquei sem palavras”, recorda seu irmão mais velho, César Bannan, falando de Posadas, capital da província de Misiones, noroeste da Argentina.
Tudo começou em 1º de novembro. Amelia trabalhava como policial na localidade de San Pedro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário