.


Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

domingo, 7 de maio de 2017

Jovem é morto após entrar em chácara para pegar fruta

Jovem é morto após entrar em chácara para pegar fruta
Um rapaz de 24 anos morreu na última quinta-feira (4), após entrar em uma chácara particular para pegar fruta-pão, no bairro de Valéria, em Salvador. Familiares de Josuel Lima Nascimento fizeram um protesto neste sábado (6), durante o enterro dele, no Cemitério Quinta dos Lázaros, na Baixa de Quintas, e disseram que policiais da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT/Rondesp Central) foram responsáveis pela morte do rapaz. Uma pessoa que preferiu não se identificar, disse em entrevista à TV Bahia, que Josuel foi executado e chegou a pedir aos policiais para não morrer. O jovem estava com um primo pegando fruta-pão na chácara, quando PMs da Rondesp chegaram atirando. O primo de Josuel fugiu, mas ele não conseguiu porque foi ferido. "No momento que ele caiu, pessoas que moram ao redor [da chácara], que ouviram os gritos, ouviram ele gritando socorro, pedindo para não morrer, pelo amor de Deus. E viram [as testemunhas] quando ele tirou a carteira de trabalho do bolso e entregou pro (sic) policial, dizendo que ele era trabalhador, que era pai de família e que ele não merecia morrer. Pelo amor de Deus, não me mate [disse Josuel]. Nesse momento o policial, rasgou a carteira de trabalho dele e executou ele ali mesmo, dentro do mato. Foi execução", relatou a testemunha.

Um comentário: