.


Image and video hosting by TinyPic

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Barra da Estiva: Grupo que assaltou bancos é condenado por Justiça; MPF requer pena maior

Barra da Estiva: Grupo que assaltou bancos é condenado por Justiça; MPF requer pena maior
A Justiça Federal condenou seis homens por associação criminosa e assalto à mão armada em Barra da Estiva. Após denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF) em Vitória da Conquista, Gilvandro Lima dos Santos e Rogério de Jesus Santiago foram sentenciados a 35 anos e seis meses de prisão; Marcos Lavrador Souza a 26 anos, sete meses e 15 dias de prisão; o réu José Hilton de Paula Lopes a 22 anos, dois meses e sete dias de prisão; e o réu Marcos Santos Souza a três anos, quatro meses e 15 dias de prisão, com pagamento de dias-multa e regime semiaberto por não participar do assalto. O grupo assaltou agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal em 2013, fez reféns e cometeram outros roubos e fizeram outros reféns dias depois para fugir do município. O dano à Caixa Econômica Federal foi de R$ 153.174,76, e ao Banco do Brasil, de cerca R$ 250 mil. Mesmo após a decisão, o MPF recorreu da sentença e requereu que Marcos Santos Souza seja condenado por roubo e que todos os réus sejam condenados por cárcere privado e que tenham suas penas aumentadas em três vezes.
VB

Nenhum comentário:

Postar um comentário