.


Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Jacobina: Policia Civil cria NAE (Núcleo de Atendimento Especial)

"A parceria com os órgãos municipais de ação social é de extrema importância para o desenvolvimento do projeto" Dra. Manuela.
Após o anúncio das ações para 2017, pelo coordenador da Policia Civil Dr. Eduardo Brito, já está em funcionamento na sede da 16ª Coorpin, o NAE (Núcleo de Atendimento Especial), o qual tem a finalidade do atendimento das ocorrências envolvendo mulheres, crianças e idosos. Mesmo não sendo delegacias específicas, foram designadas policiais do sexo feminino, capacitadas para atendimento de vítimas. A intenção do núcleo é que estas ocorrências tenham uma atenção diferenciada e, enquanto as medidas legais não são tomadas, estas vítimas possam ter apoio social e psicológico.

O lançamento oficial do Núcleo foi realizado ontem à tarde, na sala de reuniões Francisco Gilberto Portela de Melo - IPC Chicão, no Complexo Policial de Jacobina. A reunião foi dirigida pela Delegada Titular do Município, a Drª Manuela Rodrigues, e estiveram presentes representantes do CRAS, CREAS, Conselho Tutelar, a secretária de Administração do Município Conceição Lopes, a primeira dama e secretária de Ação Social Aline Pinheiro e o representante do setor jurídico do município além das policiais responsáveis pelo núcleo.

Segundo a Delegada Manuela Rodrigues, a parceria com os órgãos municipais de ação social é de extrema importância para o desenvolvimento do projeto, sendo que os mesmos, que estão mais próximos da comunidade, poderão identificar possíveis vítimas para acompanhamento do NAE, como também após ao acolhimento do NAE e após os crimes apurados poderão ajudar social e psicologicamente as vítimas, e aproximar a Polícia Civil da comunidade. A Drª relata que a escolha das policiais do sexo feminino facilita para que as vítimas possam ficar mais à vontade na discrição dos fatos, e que a descentralização das investigações de tipos de crimes em núcleos, foi uma ideia louvável do coordenador Dr. Eduardo Brito, pois desta forma os policiais poderão aprofundar e focar em fatos criminais específicos.

Fonte: 16ª Coorpin

Nenhum comentário:

Postar um comentário