.


Image and video hosting by TinyPic


Image and video hosting by TinyPic

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Ônibus com universitários é alvo de assaltantes no sul da BA: 'dizia que ia tocar fogo com todos dentro'

Ônibus com universitários é alvo de assaltantes no sul da Bahia (Foto: Tarcísio Cruz/Arquivo Pessoal)

Estudantes universitários de Itapitanga, no sul da Bahia viveram momentos de terror na noite de quarta-feira (7), quando retornavam da faculdade em Itabuna, também na mesma região, e a cerca de 70 km de Itapitanga. De acordo com a Polícia Civil, três homens atiraram no veículo para obrigar o motorista a parar, na estrada entre Itapitanga e Coaraci para roubar os alunos. Ninguém foi atingido pelo disparo.
Segundo a polícia, os criminosos atuaram de capacete e as vítimas não conseguiram identificá-los. Um deles ficou do lado de fora do veículo, os outros dois entraram para pegar os pertences das vítimas, como bolsas e celulares. Um assaltante estava armado e outro segurava um galão de gasolina, informou a polícia.



"Ele pedia os celulares e dizia que ia tocar fogo no ônibus com todo mundo dentro, o que causou mais pavor. Foi assustador", disse o estudante Tarcísio Cruz, que estava no veículo.
O jovem de 20 anos conta que as imagens ainda não saíram da cabeça dele, principalmente porque o tiro disparado para forçar o motorista a parac o ônibus atingiu a janela próxima ao banco onde Tarcísio e uma colega estavam sentados.
"Eu estava sentado na frente do ônibus, no banco atrás do motorista. Por pouco a bala não me atingiu, nem atingiu nenhum dos colegas. Vi na hora que algo passou na minha frente e acredito que tenha sido o projétil. Na hora do desespero algumas pessoas se arranharam com os estilhaços dos vidros, mas ferimento grave ninguém teve", disse.
Tarcísio relatou o caso em uma rede social e chamou de "livramento" o fato dele e dos colegas saírem ilesos do assalto. Ele conta que há dois anos faz o trajeto entre Itapitanga e Itabuna, sempre tarde da noite, e nunca tinha passado por algo parecido. A aula na faculdade termina às 22h e o ônibus constuma chegar na cidade por volta da 0h.

"A gente estava em uma viagem tranquila foi muito de uma hora para outra. A gente vem acompanhando outro ônibus da cidade que também transporta estudantes. Eles [os assaltantes] deixaram o primeiro ônibus passar e depois pararam a gente. A gente acredita que eles estavam escondidos em um matagal da estrada", contou o estudante.
A mochila de Tarcísio foi levada junto com três livros que ele tinha pego emprestado na faculade. Ele também perdeu alguns materiais que estava fazendo revisão, já que está em semana de provas. "Nem contabilizei os prejuízos ainda", disse.
Ninguém teve ferimento grave e após o assalto, todos retornaram para Itapitanga. A polícia informou que, ao menos, três alunos já registraram o caso na delegacia da cidade, mas não soube informar quando estudantes estavam no veículo. Tarcísio conta que cerca de 45 pessoas seguiam no ônibus. Ainda segundo a polícia, até a publicação desta reportagem, ninguém havia sido preso.

G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário