.

BANNER INTERIOR 728X90 01 DINAMICO ANIM

CASOS LEISHMANIOSE E DENGUE LEVAM PREFEITUR A DECRETAR ESTADO DE EMERGÊNCIA


 


30/09/14- A Prefeitura Municipal de Jacobina publicou no Diário Oficial do  o Decreto Nº 0428 de 19 de Agosto de 2014 Decreta a situação de emergência no Município  em virtude dos casos de dengue e Leishmaniose registrado na cidade.


 No decreto o gestor reconhece a situação anormal no município, caracterizando-a como desastre biológico a epidemia de dengue e de leishmaniose.  O decreto cita ainda que o Município de Jacobina é endêmico para a dengue e conta em sua série histórica duas epidemias registradas nos anos de 2009 e 2012. O documento cita que no ano de 2012 o Município não realizou os trabalhos de campo de forma adequada, registrando 1708 casos suspeitos e inclusive a ocorrência de dois óbitos por dengue hemorrágica, considerando ainda que as ações empreendidas em 2013 e até agora no ano de 2014, com o trabalho de campo, ainda não encerrou a cadeia epidemiológica.

Com relação ao calazar, o município também registrou oficialmente dois óbitos,  , muito embora o vereador Carlinhos da Caixa já tenha citado em seus discursos na Câmara de Vereadores e em participações nas rádios locais que o número real é bem maior que o anunciado, chegando a nove na cidade. ( (VEJA MATÉRIA RELACIONADA) A incidência da doença no município é história, devido ao fato da cidade estar encrustada em uma região de serras e grotas, que facilita a proliferação do mosquito o flebótomo, conhecido como mosquito palha, birigui ou tatuquiras. Os bairros que apresentam o maior número de animais infectados são o bairro do Leader e da Grotinha. 
No decreto o gestor cita que a municipalidade tomará todas as medidas necessárias ao retorno das condições de normalidade, inclusive com a contratação imediata de agentes de endemias para combater o surto epidêmico determinando a Secretária Municipal da Administração e Secretária Municipal da Saúde o levantamento do número real de agentes de endemias necessários para integrar o quadro permanente do município. Devido a situação o município deve deflagrar em breve processo licitatório para contratação de empresa para realização de concurso para preencher estas vagas.

LEIA OUTRAS MATÉRIAS RELACIONADAS 

VEJA OUTRAS MATÉRIAS RELACIONADAS

VEJA OUTRAS MATÉRIAS RELACIONADAS



Nenhum comentário:

Postar um comentário