quinta-feira, 12 de julho de 2018

PGR pede abertura de investigação contra o desembargador que concedeu habeas corpus a Lula

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, durante sessão extraordinária,  para a retomada do julgamento da ação direta de inconstitucionalidade (ADI 5794) que questiona o fim da contribuição sindical obrigatória.
Para Raquel Dodge, houve um ato "orquestrado meticulosamente" para soltar o ex-presidente Lula 

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou na quarta, (11) ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) pedido de abertura de inquérito contra desembargador Rogério Favreto pelo crime de prevaricação. No entendimento da procuradoria, o magistrado cometeu falta disciplinar ao conceder habeas corpus favorável ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante o plantão judicial do último fim de semana.



No domingo (8), o desembargador Rogerio Favreto atendeu a um pedido de liberdade feito por deputados do PT em favor de Lula. Em seguida, o juiz Sergio Moro e o desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região Gebran Neto, ambos relatores dos processos da Operação Lava Jato, derrubaram a decisão de Favreto por entenderam que o magistrado não tinha competência para decidir a questão.

sbnoticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário