.

BANNER INTERIOR 728X90 01 DINAMICO ANIM

Manifestantes protestam contra a Copa das Confederações em Brasília - 1 (© Nilton Fukuda AE)

Protestos de SP ganham o Facebook e reúnem empresários, operários e estudantes na abertura da Copa das Confederações

As manifestações que tomaram as ruas de São Paulo nas últimas duas semanas chegaram a Brasília, palco da abertura da Copa das Confederações, torneio que antecede a esperada Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

Na tarde deste sábado, estudantes, empresários e operários foram à porta do estádio antes da partida de estreia da Copa das Confederações, entre Brasil e Japão.
Não havia nada previamente marcado até sexta, quando inspirados pela repercussão da última revolta no Centro de São Paulo, quinta-feira passada, internautas, a maioria deles estudantes universitários, começaram a se mobilizar pelo Facebook.

Manifestantes protestam contra a Copa das Confederações em Brasília - 1 (© Nilton Fukuda AE)

O resultado: mais de 2.500 pessoas com faixas e cartazes de protesto misturados a torcedores e jornalistas do Brasil e do mundo em frente ao Mané Garrincha.

"Tudo isso surgiu do nada e é reflexo do que está acontecendo em São Paulo, na Síria, na Turquia e no mundo inteiro. O povo está se cansando e resolveu ir para a rua", afirmou Caio Murilo, estudante de Gestão Ambiental da Universidade de Brasília.

Manifestantes protestam contra a Copa das Confederações em Brasília - 1 (© Nilton Fukuda AE)

Apesar do clima de tensão entre ativistas e polícia, o ato aconteceu de forma pacífica por mais de 3h. A todo momento, lideranças de partidos políticos pediam para os manifestantes, ‘sem violência.'
Mas perto da hora da partida entre Brasil e Japão, marcada para as 16h de Brasília, houve violência. Policiais a cavalo partiram para cima dos manifestantes, que foram agredidos com cassetetes e bombas de gás lacrimogênio foram lançadas.

Manifestantes protestam contra a Copa das Confederações em Brasília - 1 (© Nilton Fukuda AE)

Nenhum comentário:

Postar um comentário